segunda-feira, 20 de junho de 2011

Simulado - Alfabetização e Letramento

1. Quais as características da organização do trabalho pedagógico da escola perante as condições materiais e o trabalho social, próprios da nossa sociedade?

São características da organização do trabalho pedagógico:Universalização e instrução, superação do conhecimento aprofundado pela instrução geral do cidadão comum, aprendizado simultâneo em classes heterogêneas em graus e atividades diferenciadas, simplificação do trabalho pelo manual didático (ferramenta da modernidade).

2. O que é letramento?

Letramento permite a dimensão individual do domínio de ler e escrever e sua dimensão cultural, com um conjunto de atividades sociais que envolvem a língua escrita. Vai além de apenas alfabetizar, trata-se de aprender a ler e escrever juntamente com o cultivo das atividades de leitura, escrita e a prática dessas habilidades em atividades significativas para a formação cultural, científica e ideológica do aluno.

3. O que é alfabetização?

A alfabetização consiste no aprendizado do alfabeto e de sua utilização como código de comunicação. De um modo mais abrangente, a alfabetização é definida como um processo no qual o indivíduo constrói a gramática e em suas variações.Envolve também o desenvolvimento de novas formas de compreensão e uso da linguagem de uma maneira geral.

4. Qual a importância de se trabalhar o processo de revisão dos textos produzidos pelos alunos? E sua reescrita?

O aluno aprende a se posicionar como intelocutor com a revisão dos textos; ou seja, o aluno passa a se preocupar em escrever de forma que o leitor possa entender seus textos.A reescrita é importante para melhor análise do texto nos mais diversos enfoques; auxilia o professor a perceber quais os pontos de dificuldade do aluno (processos nas quais ele ainda não domina) e reforçar os códigos na qual já domina. É importante que o professor aponte para o aluno aquilo que ele já domina para que possa perceber questões ainda não compreendidas

5. Por que podemos dizer que os textos poéticos têm um papel fundamental na alfabetização?

Os textos literários, principalmente os poéticos, têm um papel fundamental na alfabetização porque sua sonoridade e musicalidade facilitam, de forma lúdica, a compreensão da relação entre oralidade e escrita; comporta também muitas interpretações de acordo com a sensibilidade, a cultura e a visão de mundo do leitor.


6. Com base em Vygotsky, elabore um resumo, destacando os conceitos do autor que fundamentam a relação entre o aprendizado da criança e seu pensamento.

Para Vygotsky, deve-se compreender a interação entre o desenvolvimento e o aprendizado para determinar os níveis de aprendizado, sendo que o aprendizado é um fato e cria a zona proximal, desperta capacidade na criança de interagir com outras pessoas.Quanto mais cedo a criança se iniciar na escrita e leitura, melhor.

7. O que é o valor posicional de uma letra dentro do processo alfabetizador?

O valor posicional de uma letra é quando uma letra possui 2 valores fonéticos diferentes, dependendo de seu posicionamento na palavra.Exemplos: lata/alta, M = mata/também, N = nariz/anta


8. Descreva a “produção de texto” como trabalho desenvolvido na alfabetização e quais suas vantagens.

A produção de texto (escrito ou falado) é importante no processo de alfabetização; pois sua enunciação se realiza por meio de um código e contêm unidade temática, estrutura, sequência lógica, coerência e coesão para o entendimento do leitor / interlocutor.


9. Explique a importância de se trabalhar atividades praticas de produção de texto?

As atividades práticas de produção de texto são essenciais para o aluno tornar-se um escritor coerente e com correção lingüística. Os textos assemelham-se ao textos orais cotidianos o que o torna mais coeso e o faz expressar-se de forma mais adequada. Ao utilizar-se apenas do método da cartilha não é possível desenvolver tal aptidão; pois os textos são seqüenciais e com frases curtas e fragmentadas, sem coesão.

10. Liste e descreva três conteúdos mais específicos da produção oral

a) Procura pronunciar as palavras corretamente fugindo das ortoépias, prosódias e hipercorreção.
b) Recursos de entonação para expressar sentimentos (ternura, raiva, medo...)
c) Expõe as ideias com clareza
d) Apresenta as ideias em sequência lógica.
e) Ritmo adequado. Sem lerdeza, nem atropelo.
Os conteúdos são de grande importância pois são essenciais para a melhor compreensão do ouvinte

11. Argumente sobre a idéia de que a leitura de um texto não é mera decodificação de sinais gráficos.

A leitura do texto não é meramente a decodificação de sinais gráficos, vai muito além. Ela é essencial para o aprendizado da interpretação, análise e entendimento dos textos que se inserem na vida do aluno e na sua comunicação, interlocução e desenvolvimento mental, intelectual e cultural.

12. Explique como a alfabetização, enquanto momento inicial do domínio da escrita pode desenvolver conteúdo relativo a textualidade.

A aquisição da escrita é um processo que se inicia muito antes da criança entrar na escola. Todo tipo de contato com a escrita, seja pela interação com pessoas que lêem e escrevem, seja pela manipulação com os materiais escritos, são considerados partes do processo de aquisição da escrita. Contudo, somente esse contato não é o suficiente para que a criança desenvolva naturalmente um processo de conhecimento da língua escrita, já que tanto a linguagem oral, quanto a escrita, bem como a apropriação destas formas, são resultantes de um lento esforço de produção dos homens. Por isso a necessidade da inserção do aluno nessa realidade histórico- cultural por meio da mediação do professor.

13. A avaliação da aquisição da língua escrita tem caráter diagnostico, sistemático, continuo, formativo e, ainda, possibilita a auto-avaliação. Explique cada uma dessas características.

Avaliação Diagnóstica:
Tem dois objetivos básicos: identificar as competências do aluno e adequar o aluno num grupo ou nível de aprendizagem. No entanto, os dados fornecidos pela avaliação diagnóstica não devem ser tomados como um "rótulo" que se cola sempre ao aluno, mas sim como um conjunto de indicações a partir do qual o aluno possa conseguir um processo de aprendizagem.

Avaliação Formativa:
É a forma de avaliação em que a preocupação central reside em coletar dados para reorientação do processo de ensino-aprendizagem. Trata-se de uma "bússola orientadora" do processo de ensino-aprendizagem. A avaliação formativa não deve assim exprimir-se através de uma nota, mas sim por meio de comentários.

Avaliação Sistêmica: É uma modalidade de avaliação, em larga escala, desenvolvida no âmbito de sistemas de ensino visando, especialmente, a subsidiar políticas públicas na área educacional. Constitui-se em um mecanismo privilegiado capaz de fornecer informações, sobre processos e resultados dos sistemas de ensino, às instâncias encarregadas de formular e tornar decisões políticas na área da educação. É uma estratégia que pode influenciar as qualidades das experiências educativas e a eficiência dos sistemas, evitando o investimento público de maneira intuitiva, desarticulada ou insuficiente para atender às necessidades educacionais.
Avaliação continuada: É a avaliação durante todo o processo de ensino-aprendizagem, cujos objetivos transcendem em muito a tarefa de aprovar ou reprovar. A avaliação continuada previne a repetência, porque ressalta a necessidade de se corrigir as deficiências ao longo do ano letivo. Não faz sentido, assim, aplicar apenas uma prova, seja bimestral ou semestral, depois que todas as aulas já foram ministradas e, com base nesse resultado, decidir pela aprovação ou reprovação dos alunos. A avaliação continuada se utiliza de vários instrumentos, tais como: provas, testes, trabalhos individuais e de grupo, observações sistemáticas, trabalhos de casa etc.

Auto-Avaliação:
Utiliza-se do senso de autocrítica e autodesenvolvimento do aluno, através de instrumentos capazes para isso. O aluno consegue ter a capacidade de avaliar seu processo evolutivo.


14. Escreva um texto em que você explique as diferenças das formas de letramento e de alfabetismo das pessoas na sociedade em que vivemos.


15. Reflita sobre a concepção da linguagem e elabore uma síntese dos conceitos que a fundamentam.

A linguagem é produto da cooperação mútua efetiva entre os homens (produção social), essa é a produção da linguagem. Ela possibilita que as gerações dêem continuidade aos conhecimentos já adquiridos. A linguagem pode ser escrita, oral ou gestual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário